quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Deus, esta realidade infinita

Hoje, conversando com um amigo teólogo que não simpatiza com a ideia da possibilidade de uma aproximação entre a criatura e o Criador à parte da igreja, argumentei que a igreja, apesar de ser a principal agência do Reino de Deus na terra, não pode comportar a plenitude de Deus. Ela é um canal por onde Deus frui para o mundo, mas por demais estreito para comportar o borbotar de graças que sempre respinga para fora, espalhando nuances de graças sobre todo o mundo. 
Aprendi, depois de algum tempo, que Deus é uma realidade que está para além da religião, para além além da igreja, para além dos dogmas...  que Ele respeita o recorte dele que faço para dar conta de um infinito que só por meio do recorte dou conta, mas Deus está para além de tudo isso. 

Postar um comentário